PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































terça-feira, 16 de dezembro de 2008

MOMENTOS


Dyrce Araújo ao lado do seu foto-poema... lindíssimo!





Eu e Gilmar Garcia comemorando a Exposição Viajam as Palavras








Dyrce Araújo e Gilmar Garcia comemorando a Exposição Viajam as Palavras












Eu ao lado do meu poema NARCISO


Fotos de Gilmar Garcia













6 comentários:

dra maria jose disse...

Queridas amigas escritoras , DIRCE ARAUJO e RITAELISA, fico muito feliz pela oportunidade de te-las conhecido. deixo aqui o meu abraço e parabens pelas obras literárias.
zeze

Anônimo disse...

hoje tive a oportunidade de visitar a sala Mario Covas e ver o trablho de voces .....fiquei encantada pela sinplicidade e beleza dos temas ,das fotos e da apresentação em posters .....ficou belissimo. realmente eu vivo em outro mundo , quero mudar de mundo bem rapido,.....beijos para rita elisa, dirce eo fotografo gilmar

maria josé disse...

o comentário anterior saiu anônimo por erro de digitação . Desculpe... maria jose

Inajá Martins de Almeida disse...

Querida Rita Elisa

Como é bom que as palavras viajem, assim elas podem encontrar outras tantas palavras que se irmanam em afinidades, em inspiração, em leveza, em magia, em sonhos. Senti um desejo imenso em ter meus poemas agregados aos maravilhosos momentos que temos oportunidade de vivê-los, quando em fotos os registramos. Não foi ao acaso que nesta manhã de sábado, estou ocupando este espaço tão magnífico. Obrigada Rita querida de sempre.

Rita Elisa Seda disse...

Inajá, essa exposição é itinerante, está sempre em movimento, cada mês é levada aos pontos culturais de São José dos Campos. As poetas que participam são pessoas ímpares, que somam em amizade e alegria. Beijos, felicidades e a paz!

Inajá Martins de Almeida disse...

Olá querida amiga dessas boas horas
Quem sabe um dia eu faça parte desse roteiro. Desse itinerário tão marcante. Tenho percebido que a cidade de São José dos Campos respira e inspira poesia. Sou grata a todos. beijos