PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































quinta-feira, 7 de outubro de 2010

SÊDA É SEU NOME

Recebi esse poema da Sônya Mello.
Fiquei comovida com a sensibilidade poética dela,  conheço a Sônya artista plástica, a poeta das cores e do pincel, mas essa poeta das palavras me emocionou igual a uma obra dela que adquiri recentemente. Digo que a arte pode ser tecida em diversos fios.

Rita Elisa Sêda
Cronista, poeta, biógrafa, fotógrafa e jornalista.


SÊDA É SEU NOME

                  À Rita Elisa Sêda

Sobre ti paira um mistério
Algo que me deixa a pensar
Seu destino por Deus preservado
Sua vida do céu resgatada
Pássaro que ainda espera voar...




Inteligente, sábia, desbravadora
Tem sede de novas descobertas
Teces palavras como ninguém
Alma e carne de escritora






Cora muito a emociona
Coralina se imprime em sua memória
Juntas, de mãos dadas se relaciona
Cora Coralina, uma única história







Viajante atenta e sem limites
Busca alimento para seu ser
Mulher de mil e um talentos
Tece com a alma seus conhecimentos
Como a lagarta tece a seda




Saber de ti, um sinal de Deus
Artesã reluzente de palavras
Que se transformam em jóias raras
Ânsia de descobertas te consome

Sêda... é seu nome!



Sonya Mello

19 comentários:

Silvinh@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Silvinh@ disse...

Que liiiiiiiiiiiiiindo!!!
Que sensibilidade, Sonya Mello!Parabéns!!!

Falar ou escrever sobre você, Rita Elisa; é uma responsabilidade muito grande.
Pois é difícil falar ou escrever sobre alguém que é completa. É como
a vejo!!!
Sensível, humana, lutadora,amiga,
batalhadora, solidária, mãe, avó, filha, esposa, escritora, poeta, fotógrafa, jornalista, enfim...
VOCÊ É TUDO DE BOM, amiga!!!
Meu sentimento por você, Rita Elisa
é assim; uma mistura de amizade,
carinho,respeito,admiração!
Você é Muito Especial, Rita Elisa Gosto muito de você!
Agradeço a Deus pelo dom de sua vida, pela sua existência, e por fazer parte da minha vida!!!
Sua Amizade pra mim, é um presente de Deus!!!
Que Deus a conserve assim, Rita Elisa, e só acrescente o que você necessitar para SER FELIZ e REALIZADA, ou seja, TUDO DE MELHOR!!!

Silvinha

Sonya Mello disse...

Rita Elisa, quando vi o poema que fiz pra você, aqui, ilustrado, rios de lágrimas desceram de meus olhos... E também quando li o comentário de sua amiga Silvinha, foi que tive mais noção do valor que vc tem para as pessoas, do quanto vc já plantou e está colhendo, do quanto sábia é vc. Se tivesse visto esse comentário de alguma outra maneira, não teria tido coragem de pôr no papel o que eu sentia sobre vc porque vc é muito mais do que eu sentia... Obrigada pelos teus sábios conselhos, por me prestigiar, por ter me colocado aqui, puxa, como Deus é bom... Obrigada por me permitir apoiar em seus ombros para poder enxergar mais longe... Deus a abençoe sempre! Sonya Mello

Inajá Martins de Almeida disse...

Realmente Sonya foi feliz ao tecer as palavras, mas tendo como palco sua pessoa, penso não ser muito difícil. Realmente, seu nome envolve um quê de encantamento e poesia, aquelas que brotam dentro d'alma. O primeiro contato que tive com seu livro, foi seu nome a me chamar atenção especial, depois, claro, as raízes de Aninha (Cora Coralina). As palavras tem asas e se juntam a tantas outras e formam um verdadeiro bailado a revoar céu adentro. Lindo o poema, linda pessoa é você Rita, como tantas vezes declamado, aclamado, conclamado, iluminado. Eu inclusive já lhe escrevi, que já não conseguia ver aonde terminava Cora e começava Elisa e Sonya tão bem colocou - vocês fazem parte da mesma história. Dou-me o direito de mais: você também está fazendo parte da nossa história. Obrigada Rita pela pessoa maravilhosa que você é. Obrigada Sonya por conseguir expressar em poema aquilo que cada uma de nós gostaria de tê-lo expressado. Se vocês me permitirem, gostaria de colocar parte ou a integra do mesmo em meu blog
http://retalhosdeleituras.blogspot.com/ / Inajá

Rita Elisa Seda disse...

Olá Silvinha, eu agradeço sua atenção comigo, hoje recebi pelo Correio um lindo livro que você getilmente me enviou, fiquei emocionada pela carinho com que fez os marcadores de páginas, todos com dizeres seus. Obrigada. Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...

Sônya, querida amiga, você sabe transformar em poesia tudo o que vê.Transporta-se através das tintas e pinçéis. Você é ótima.
Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...

Querida Inajá, acabo de chegar de uma palestra sobre o livro Cora Coralina Raízes de Aninha, estou rouca de tanto falar, mas meu sorriso está radiante. Foi na cidade de Jacareí, me emocionei várias vezes, porque as pessoas sempre ficam mais um pouco depois da palestra, para me contar o que aprenderam com a biografia de Cora Coralina, ou com a leitura de poemas dela. Não tenho palavras para descrever esse sentimento.
Felicidades e a paz!

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita tão querida por todos seus leitores. Deus sempre tem propósitos na vida de cada pessoa, e na tua não é diferente. Você colocou a própria alma ao falar de Cora Coralina, uma mulher que expressa muitas mulheres do seu tempo e de todos os tempos. Há muitas Anas em cada uma de nós à serem despertadas. Há muitas Coras gritando caladas. Você conseguiu ajuntar as duas e mais, mesclou a Elisa aos versos, às falas. Como eu me expressei que de tanto conviver com livros, hoje o livro era eu, assim é você. Não há mais como separar Elisa de Cora. Pena que ela não esteja entre nós... Como disse Silvinha - "Rita você é tudo de bom". Obrigada pelo livro, obrigada pela pessoa maravilhosa que você é, obrigada por estar ajudando tantas Anas a se despertarem Coras Coralinas. Um beijo e até mais. / Desta, dentre tantas, tua fã incondicional / Inajá

Ivonpinto disse...

È muito gostoso,
de um prazer enorme,
falar de Rita Elisa,
a Seda.
Sonya que é Sonho,
colocou em palavras
o SONHO DE SER SEDA.
Parabens Rita Elisa
por tua espiritualidade,
por tua vida de amor,
por teu amor dedicação.
Ser SEDA
é ser suave,
macia,
delicada.

IVON

Rita Elisa Seda disse...

Meu querido entre os mais queridos, nem sei o que dizer. Afinal, ser Seda é mesmo SONHAR. Tecer fios e com eles se agasalhar. Ser suave, macia e delicada são adjetivos que condizem à duas das três fases da Seda: borboleta (mariposa)e crisálida (casulo); pois a fase da larva (mandruvá), não tem nada de macia e delicada. Um dia ainda vou escrever sobre isso... mas isso é outra história. Só não sei quem veio primeiro... a larva ou a borboleta. Beijos, felicidades e a paz!

Sonya Mello disse...

Rita, passei por aqui denovo, por esses caminhos de luz, que seus amigos nos conduz...

Estou me sentindo abençoada por ter tido o privilégio de te conhecer e autorização para, em versos, falar de ti!
Percebo pelos comentários de seus amigos queridos, o quanto és única no mundo das letras, dos sentimentos mais sublimes!
Deus a abençoe infinitamente e sempre! Abraço!

Silvinh@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Silvinh@ disse...

Sonya Mello, Rita Elisa é mesmo ÚNICA.
Como você disse Sônya: Rita Elisa é única no mundo das letras, dos sentimentos mais sublimes!
Mas.........Rita Elisa, também é ÚNICA; principalmente aos OLHOS Deus.
Cada um de Nós Seres Humanos Somos Preciosos aos olhos de Deus.
O belo de cada ser humano é sua peculiaridade em Ser Único.
Assim como Deus é Único, os homens foram criados à Sua Imagem e Semelhança, pois não existe um ser humano que tenha existido ou venha a existir que seja idêntico a outro Ser Humano.
Isso é maravilhoso, não é???
Único e Insubstituível...
É simplismente, divino!!!!
Cada um de nós é riquíssimo no seu ser. Fomos feitos à Imagem de Deus; o que mais poderíamos desejar? Temos que ser agradecidos pelo o que temos, pelo o que somos e por tudo o que recebemos gratuitamente Dele (DEUS).
Você Rita Elisa, sabe que é “ÚNICA” aos Olhos de Deus; logo, você recebeu talentos que só você tem; de escrever poesias, crônicas, contos, romances, de ser amiga, de cativar as pessoas, além de ser esposa mãe, filha, avó, então Deus espera que você desenvolva esta bela herança, sendo aquilo que você é.
Nós recebemos uma grande herança de Deus, que está dentro de nós; a inteligência, a liberdade, à vontade, a capacidade de amar, a memória, a consciência, etc., enfim, Nossos Talentos, que Deus espera que façamos crescer para o nosso bem e o dos outros.
Rita Elisa, com certeza, está recebendo de volta, o bem que tem feito às pessoas, principalmente através de seus escritos!!!
Deus abençoe e conserve seus talentos, Rita Elisa!!!
Que eles se multipliquem, e muito, Querida Amiga!!!
Rita Elisa, a considero, a respeito, e a admiro muiiiiiiiito! Super Beijo!

Silvinha

Sonya Mello disse...

Silvinha, Rita é sim, muito mais do que sei à respeito dela, única mas, especialmente única! Nossos caminhos se cruzaram há pouquíssimo tempo e já senti sua "grandeza"! E é pelas palavras de pessoas como você que tenho sabido mais sobre ela e Rita Elisa, é por sua "grandeza" tão disfarçada, que me sinto apoiada por seu ombro, de gigante! Abraços à vocês duas.

Rita Elisa Seda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rita Elisa Seda disse...

Sônya... existem pessoas que nos transportam para sentimentos lúdicos e você fez isso comigo ao me apresentar sua arte. Ainda não coloquei o quadro aqui no blog, mas, daqui uns dias o colocarei.
Continue na sua caminhada de artista, você é um talento!
Felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...

Sivinha, a vida é bela quando temos amigos, isso faz de todas uma só pessoa, irmanadas em sentimento de paz. Beijos, felicidades e a paz!

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida amiga escritora, tecelã de idéias e sonhos. Estou aqui para lhe dizer que Sonya entrou em contato comigo e este belíssimo poema já se encontra postado no meu blog http://retalhosdeleituras.blogspot.com/ o que me dá um gosto imenso. Recolher retalhos dessas duas amizades e de tantas outras que o tempo aguarda é muito gratificante. Obrigada Rita, obrigada Sonya. As palavras tão bem puderam nos encontrar; são elas que tecem esta maravilhosa história - estes "alinhavos poéticos" que tão bem Rita expressou.

Rita Elisa Seda disse...

Olá Inajá, vou ao seu blog agora mesmo ler suas postagens. Sônya é amiga/poeta, estivemos em um sarau na Bibiloteca Cassiano Ricardo segunda feira, foi tudo de bom. Beijos, felicidades e a paz!