PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































terça-feira, 9 de novembro de 2010

TODAS AS LETRAS DE SÃO JOSÉ


Foto: José Antônio Braga Barros 

Foto: Gilmar Garcia

Isso mesmo... enquanto eu fazia a performance as pessoas assistiam ao vídeo: 
 A Criança e Deus ! e só se davam conta da minha pessoa quando eu passava algumas penas de anjo em cada uma delas. Foi mágico. Eis o video de meu texto que foi reproduzido em telão.

video

6 comentários:

Aline Negosseki disse...

Lindo. Simplesmente.
Quem é mãe entende. Quem tem e teve, uma mãe assim, também.

Desejaria a todas que não tiveram, que possam sê-lo para suas crianças.

Semana Cassiano Ricardo. Se me lembro bem dos tangarás...

Rita Elisa Seda disse...

Querida Aline, você se lembra da Semana Cassiano Ricardo... isso é ótimo!
Eu também espero, querida Aline, que todas as mães sejam anjos para seus filhos.
Felicidades e a paz!

Silvinh@ disse...

Que lindo, Rita Elisa!
Como deve ter sido mágico este momento!
Acredito ter sido este, um momento mais que mágico, Divino...
Quanto carisma, sensibilidade e criatividade, amiga!
Você foi muito inspirada ao escrever este texto!
Deus usou você como instrumeto para nos presentear com esta mensagem belíssima!
Deus só podia usar uma pessoa especial como você, para escrever esta mensagem tão significativa, Rita Elisa...
Posso sentir a paz, o amor, a alegria, o perdão, a tranquilidade, que reinou neste lugar, quando as pessoas ouviam a sua mensagem e sentiam ser tocadas por esta pena como se fosse o próprio Deus presente, tocando cada um de seus filhos...Como se fosse Nossa Senhora, nossa Mãe... nos acariciando,nos acalentando nos seus braços, cuidando de cada uma de nossas necessidades...
Parabéns, Rita Elisa!!!
Mais uma vez,tenho certeza que você
ARRASOUUUUUUUUUU!!!
Beijos, forte e carinhoso abraço!!!

Sua sempre Amiga...Silvinha

Rita Elisa Seda disse...

Silvinha, o momento foi mágico sim. Eu fiquei mais do que feliz. Beijos, felicidades e a paz!

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida
Você realmente tem o dom de tocar fundo o coração das pessoas. A mim, que a lembrança forte de minha mãe jamais se aparta dos meus pensamentos diários calou fundo. Realmente mães, quando assumem a maternidade, são anjos que nos protegem, que nos envolvem, que nos amam no amor que só ao sermos mães podemos entender. Fui feliz durante as décadas com minha mãe - mais de 5. Ela se foi há 6 anos atrás. A ela dediquei alguns textos, poucos, pelo tanto que me significou. Quanto a leitura, fora ela a principal a me levar ao universo encantado dos livros, retratado no último texto no mesmo espaço, várias vezes citado, http://blog-inaja.blogspot.com/
Rita, lindo o texto, a interpretação maravilhosa. A colocação de voz sua performance, creio haver levado as pessoas ao ápice da mensagem realmente. Maravilhoso. Você é uma caixinha de surpresa, sempre pronta a mais uma. Um beijo e parabéns mais uma vez. / Inajá

SONYA MELLO disse...

Rita Elisa, agora sim, você vestiu o "disfarce" daquilo que você realmente é: um anjo! Adorei! Bj