PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































sábado, 4 de dezembro de 2010

HOMENAGEM À ACADEMIA JOSEENSE DE LETRAS

Terça-feira, dia 30 de novembro, nós da Academia Joseense de Letras recebemos uma homenagem na Câmara Municipal de São José dos Campos resultado de um projeto do vereador Valdir Alvarenga.



 Integrantes da Academia Joseense de Letras com seus respectivos "Diplomas de Reconhecimento Público".


Momentos de descontração.







 O encontro de escritores joseenses foi momento de confraternização de idéias e palavras. Sorrisos, abraços, alegria em gestos e palavras. Cassiano Ricardo foi bem lembrado pelo mentor dessa homenagem, o vereador Valdir Alvarenga que em seu discurso fez questão de citar o maior poeta joseense: "Que é poesia? Uma ilha, cercada de palavras por todos os lados". Assim foi o encontro, uma ilha de amigos literatos que amam a poesia.
Felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda
Cronista, poeta, biógrafa, fotógrafa e jornalista.

2 comentários:

Silvinh@ disse...

Oi, Rita Elisa!!!
Que alegria, mais uma vez sendo reconhecida pelo seu trabalho!!!
Muiiiiiiiiiiito bom, Rita Elisa!!!
Parabéns, Amiga!!! Você merece.
Quero hoje aplaudí-la, e também a seus amigos, por esta homenagem mais do que justa!!!
Sei que você ama escrever e escreve com propriedade, amor, paixão e dedicação.
Que Deus permita a você, pelo que VOCÊ É, pelo SEU TRABALHO muitas e muitas homenagens.
Desejo ainda a você, muiiiiiiiito sucesso: hoje e semmmmmmmmmmpre!!! Estou sempre aqui, na torcida!rsrs

Conte sempre comigo, com minha amizade e orações!!!

Beijos, forte e carinhoso abraço!!!

Silvinha

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida escritora.
Este blog se tornou um pedacinho de mim. Já faz parte integrante de minha vida. Busco-o todos os dias e hoje, em especial, encontrar tantos motivos para saudar foi muito gratificante. Você brilha e faz brilhar o ambiente; as fotos falam por si. Sua jovialidade contagia, seu sorriso é pura magia. Encanta, floresce, enternece, enobrece. Rita querida que bom tê-la como amiga. Na última quarta-feira, disse a minhas alunas - dou aulas numa ONG para jovens aprendizes aqui em São Carlos - o quanto é significativo esse nosso encontro diário. Nossas conversas, nossa troca de experiências. Elas são muito jovens - quinze anos - estão a iniciar a jornada, mas creio que em alguma delas uma semente irá germinar e é justamente a que mais me toca alma. Um dia deixou transparecer "quero ser escritora" e tem até perfil. Gosta de ler, é curiosa, interessada, mais do que as outras duas. Bem o futuro é uma página em branco, como lhes disse. Comigo, entretanto, as mudanças várias não me permitiram a constância nas amizades, talvez até por não encontrar afinidades fortes que me pudessem cativar, ao ponto de me manter cativa, como me sinto agora. Este ano que está a findar, foi muito profícuo para mim e já antevejo o futuro todo a minha frente a clamar por maiores realizações. Com certeza em meus planos, você é parte integrante. Aliás, fiquei também curiosa quando em outro comentário você me diz que falou a meu respeito com um colega. Fico feliz em saber que também gravito em seus pensamentos, porque sei que se estás distante de mim, tuas palavras sentem saudades das minhas, nas mesmas proporções em que posso sentir saudade dos tuas.Parabéns sempre e que o sucesso te acompanhe agora e para sempre. Que o brilho do seu olhar possa alcançar todo o universo. Um forte abraço minha cara amiga.