PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

A MENINA DOS VAGALUMES


Amanhã, dia 18 de dezembro, Sônia Gabriel e eu esperamos pelos nossos amigos no SESC, às 16h, para um bate papo e lançamento do livro:
Eugênia Sereno - A Menina dos Vagalumes.
Agradeço a atenção de todos.

Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda
Cronista, poeta, biógrafa, fotógrafa e jornalista.

Momentos de descontração no lançamento do livro Eugênia Sereno A Menina dos Vagalumes.




















 
 












13 comentários:

Silvinh@ disse...

Oi, Rita Elisa!!! Quem bom!!!Chegou o momento tão esperado, hein, Amiga!!! Parabéns!!!
Mais uma vez te desejo todo o sucesso, que você merece por este mais novo trabalho!!!
Que você esteja rodeada de verdadeiras amizades, e que elas sejam eternas...
Que as alegrias estejam sempre presentes na sua vida, nas suas vitórias...
Que a paz e amor sempre reinem onde você estiver.
Minha amiga, desejo de coração, tudo de bom para ti.
Você é uma pessoa muito importante pra mim.
Conte sempre comigo, com minha amizade e orações!!!!
Estarei ausente fisicamente, mas espiritualmente, com certeza, estarei presente!!! Torço por você, pelo seu bem,pelos seus êxitos, sempre...

Boa Sorte, Rita Elisa!!!

Que o Espírito Santo a conduza e a ilumine....

Silvinha

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita minha tão querida amiga escritora
Parabéns por mais uma realização dos teus sonhos. Infelizmente não estarei presente em corpo, mas meu pensamento estará. Não há palavra para dizer, até seria desnecessário, mas que o momento seja de júbilo para vocês - autoras - e para os presentes. Teremos bons motivos para alinhavar outros retalhos. Um beijo e até mais. Desta que já se tornou constante neste espaço / Inajá

SONYA MELLO disse...

Rita Elisa, tenho orgulho de ver tuas vitórias de perto e, se Deus quiser, estarei presente para prestigiar você e a Sônia de pertinho! Parabéns às duas! Bj

Norália disse...

Rita Elisa, que amanhã, um dia especial em sua vida, seja realmente coroado de êxito, entre amigos e admiradores.
Sucesso.
Abraços,
Norália

Lu Saharov disse...

Minha amiga mais preciosa! Tenho a certeza de que o lançamento está sendo um sucesso, que você e Sônia Gabriel fizeram por merecer! Por favor, reserve meu exemplar autografado! Grande beijo e toda a minha admiração!

ArteKula disse...

Rita Elisa!

O ArteKula deseja que consigas o merecido reconhecimento pelo trabalho, pela pesquisa, pela temática, pela relevância.

Infelizmente, não foi possível acompanhar o lançamento do livro, porém, informe os locais onde poderemos adquiri-lo ou reserve um exemplar para o ArteKula.

Sucesso e que os livros circulem por muitas cabeceiras.

Andréa
andrea@artekula.com.br

Silvinh@ disse...

Rita Elisa!!!
Deus continue te Abençoando, Minha Amiga! Parabéns!!!
Quero festejar com você e também com Sônia Gabriel, as alegrias deste dia: lançamento do mais novo livro de vocês.
Saiba que estou em constante oração por você para que o ESPÍRITO SANTO lhe inspire, a cada dia; que muitos projetos, livros, crônicas, artigos surjam para os seus leitores....E eu sou uma delas...rsrsrs
Vibro com cada vitória sua, Rita Elisa!!! É bom demais ver aqueles que amamos, que queremos bem, felizes, realizados!!!
Rita Elisa, a realização profissional se dá quando:
* Fazemos da profissão uma vocação;
* Desempenhamos com prazer;
* Há objetivos e metas bem traçadas;
* A Inspiração está coligada com a transpiração;
Mas, sobretudo quando é exercida com amor, dedicação, estudo, pesquisa...
Esse amor, essa dedicação, desempenho, muito estudo, pesquisa, tenho certeza que você exerce com muito afinco e determinação; por isso o sucesso é visível e real.
Você, Rita Elisa tem o dom de iluminar a vida das pessoas apenas por fazer parte dela...
Obrigada, Rita Elisa por fazer parte da minha vida, por iluminar o meu dia a dia!!! Acredito que durante este ano, fomos criando um vínculo maior do que eu e você, poderíamos pensar. Eu fui me encantando mais e mais com você, com seu trabalho, com seus textos, projetos, crônicas...
Agradeço muito por ter você como amiga. Por confiar em mim, dividir as suas conquistas, vitórias, sentimentos... Agradeço por você existir e estar presente na minha vida. Por ser essa pessoa tão maravilhosa, tão especial. Te admiro demais e tenho orgulho de ter você como amiga.
Fui te conhecendo e aprendendo a reconhecer o quanto você é especial.
Fui presenteada por Deus, neste ano (2010), quando te conheci! Um presente lindo e eu tive a chance de perceber, de ver o que você tem de mais belo. Seus dons, talentos, seu modo de ser.
Quero te desejar um milhão de coisas boas sempre. Que você nunca deixe de brilhar. Que Deus te abençoe e guie seus passos.
Que você continue sendo essa pessoa maravilhosa.
Que você ainda faça muita gente feliz (além do que já faz).
Que nunca lhe falte amor, saúde, paz, harmonia. Sucesso!!!
Pode ter certeza que eu sempre vou estar torcendo por você.
Conte sempre comigo, com minha Amizade e Orações!!!
Que 2011 seja cheiiiiiiiiiiiiiinho de bênçãos e de muitas vitórias!!!

Inajá Martins de Almeida disse...

Minha sempre querida escritora Rita
Sinto-me mais do que agraciada por estar aqui. Não li o livro O Pássaro na Escuridão de Eugênia Sereno, mas encontrei parte do texto num site http://teatrofantasma.blogspot.com/2007/02/em-eugnia-sereno.html, o qual pude compor breve mensagem para esta ocasião tão especial para você e até posso ouvir o som da voz de Eugênia Sereno a cantar, neste resgate das memórias que não foram esquecidas pelas autoras:
_ “Pirilampos meus, brilhai! Brilhai”.
Posso até perceber a autora a refazer a frase inicial; não é só o pó que a pesquisa:
_ “Só o pó me pesquisa e me explica, os sinos que amei não me atingem, aí, tantos passos passeiam meus olhos e tudo o que ficou sem motivo e se calou...”
_ “Brilhai! Brilhai! Em pós dos portais imperativos, que eu não seja só no jardim opressivo...” .
Eugênia, seus pirilampos não brilham só nos jardins, agora também passam a brilhar através da Menina dos Vagalumes, que Rita e Sonya trazem a lume.
_ “Brilhai! ... Vinde em busca de minhas mansas mãos de sombra, desprendidas, despojadas, recrescendo além do tempo...”.
Consolidou-se no tempo.
_ “Como eu não moro mais entre as coisas! Brilhai! Brilhai... minha voz sequiosa de outra voz, e no fim de contas, é, hora de continua apenas ficando... Fui a pequena amante dum pirilampo, um dulce luzeluze, para ser depois este cheiro de poeira de rosas secas...”.
_ “Na vida por onde passei sozinha como na altura de uma nuvem, onde eu quis ser nuvem à flor do universo, soam cansados os monótonos relógios repetidores das repetidas repetições dos templos do tédio... Fiquei exígua entre as ausências acumuladas e, no entanto, maior que a vaidade, que a viagem esquiva dos ventos e a fuga adunca do tempo: O efêmero perene!... Seja como fôr, eu restei, espalhei-me sob o país do tempo... existo ao longe... valeu-me vir, passar e por fim delir em sibilino exílio."
Não mais está sozinha. Cansados não mais soam os relógios, mas vibrantes, audazes como a força das suas palavras. Tornou-se presente. Saiu do exílio para alcançar corações.
Rita e Sonya :
BRILHAI! BRILHAI!

Rita Elisa Seda disse...

Inajá, querida amiga, esse texto está no livro O Pássaro da Escuridão, e no livro A Menina dos Vagalumes tem a interpretação mística na lírica egeniana. Eu já vi a postagem no Teatro Fantasma, onde está em forma de poesia, mas leia o livro, ficará surpresa com essa parte. Eugênia muito me surpreendeu. Vou lhe dizer uma coisa, teve dias que minha depuração da Escuridão foi escrever e escrever sobre Eugênia. Tenho mais de 17 cadernos repletos de textos, além dos que escrevi para o livro, que estão todos registrados em brochura, tem muitos poemas que me levaram à catarse literária. Obrigada pelas palavras gentis. Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...

Oi querida Ludmila, faltou você em carne e osso, pois seu TE SEI está registrado no livro, com toda maestria de sentimentos que só você sabe fazâ-lo. Saudades. Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...

OI Norália, querida amiga. Estou lendo seus livros com devoção literária. Feliz 2011 para você e toda família. Beijos, felicidades e a paz!

Anônimo disse...

Rita,

Mais uma vez me desculpo. Lamentei muito por não ter conseguido ir ao lançamento. Cheguei a justificar minha ausência por e-mail, no dia do evento, para o qual eu já havia me programado. Houve um contratempo. Expliquei-o por e-mail. Recebeu-o? Enfim. Desejo-lhe muito sucesso com o livro. E continuo muito interessado em adquirí-lo. Se puder me passar as coordenadas de como fazê-lo, ficaria grato.

Forte abraço
W.Gorj

Rita Elisa Seda disse...

Wilson Gorj, querido amigo das letras, entendo o que lhe aconteceu, seu livro eu enviei via Correio para que conheça um pouco mais a respeito dessa maravilhosa escritora valeparaibana chamada Eugênia Sereno. Beijos, felicidades e a paz!