PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































terça-feira, 12 de abril de 2011

BIENAL DO LIVRO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS



Ivani Izidoro, mulher cantadora, possui a magia da contação de "estórias". Coordenadora da Sala de Leitura Rita Elisa Seda.








As alunas da Sala de Leitura Rita Elisa Seda, da EMEF Geraldo de Almeida, sabem contar uma "estória" como poucos adultos sabem fazê-lo. Também, elas têm o convívio diário com a prof. Ivani, mestre nessa área.

As "princesas" da Sala de Leitura Rita Elisa Seda junto com suas ouvintes, crianças que atentas escutaram muitas "estórias infantis", sempre com um sorriso.






















7 comentários:

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida

Que delícia tuas postagens. Amei as fotos. O bom mesmo seria ouvi-la falar, mas me contento com as imagens. Imagino que foi um momento único mesmo. O público envolvido com Cora. Eu sei que você ainda vai nos contar sobre as impressões deixadas. Aguardo.

Um beijo e obrigada pelo registro.

Silvinh@ disse...

Oi Ritelisa!!
Pelo que conversamos e agora vejo, pelas fotos... FOI BOM DEMAIS, MESMO AMIGA!!!
Percebe-se um público especial, seletivo.
Ahhhhhhhhhhh...vi o Seishum, lá no fundo, no colo da mãe...e também Max ao seu lado...Filho Companheiro, sempre hein, Ritelisa!!!Que lindo, amiga!!!
Gostei também das fotos do pessoal da sua sala de leitura...
Tudo muito lindo, maravilhoso!!!
Amiga...sucesso sempre, sempre!!! Você merece!!!
Ritelisa, Deus te Conduza e te faça Feliz...

Beijos, forte e carinhoso abraço!!!

Silvinha

Rita Elisa Seda disse...

Inajá, vou escrever sim sobre essa maravilhosa Bienal do Livro e tudo que estou vivenciando. Assim que terminar a Bienal comentarei tudo que vi e vivi...
Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rita Elisa Seda disse...

Silvinha, as alunas da Sala de Leitura Rita Elisa Seda contaram histórias para outras crianças, foi mágico vê-las compenetradas, vestidas de personagens de histórias infantis, contando mil e uma histórias. Uma felicidade. Como dizia Fernando Pessoa: "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"... e a alma dessas meninas é do tamanho do mundo! Beijos, felicidades e a paz!

Ivon disse...

Rita Elisa, amor de minha vida,
como fico feliz vendo você feliz.
Gosto de ouvi-la e ve-la, mesmo quando a geografia não nos aproxima, pois você mora em meu coração, em minha vida, em minha eternidade.
Brijos

Rita Elisa Seda disse...

Querido, sou parte integrante de seu coração... porque você mora dentro de mim.
Sou feliz porque a literatura me conduz a vários caminhos, escolho o que me dá mais prazer... o amor!
Beijos, felicidades e a paz!