PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































domingo, 19 de junho de 2011

FRASES FAMOSAS





“As pessoas são pesadas demais para serem carregadas nos ombros, leve-as no coração.”

Dom Helder




 "As palavras têm a leveza do vento e a força da tempestade"
                                 Vitor Hugo



*´¨)
¸.•´¸.•*´¨) ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•`”
*
Rita Seda Pinto






"Entre livros nasci. Entre livros me criei. Entre livros me formei. Entre livros me tornei. Enquanto lia o livro, lia-me, a mim, o livro. Hoje não há como separar: o livro sou eu"

"
Inajá Martins de Almeida







“A saudade é como a flor. Quando colhida,  ela existe, não mais está presa ao vegetal em que nasceu, mas mesmo assim carrega dentro de si, a mesma seiva que a formou e lhe deu vida”.


Ivon Luiz Pinto





11 comentários:

Silvinh@ disse...

Frases famosas...
Cheias de Deus, cheias de vida!!!
Lindíssimas e significativas!!!

Beijos, forte e carinhoso abraço!!!

Silvinha

Rita Elisa Seda disse...

Vou puxar a sardinha para meu lado... um pouquinho, com licença poética... mas, vou! Afinal não é todo mundo que tem uma mãe e um pai escritores. Beijos, felicidades e a paz!

Silvinh@ disse...

Ahhhhhhhhhhh....você tem razão, Ritelisa!!!
Você tem toda licença do mundo, minha amiga...Com certeza esta família é talentosa demais!!!
Pessoas especialíssimas, sensíveis, cheias de Deus!!! Tudo de bom!!!
Sou grata a Deus por existirem e fazerem parte de minha vida, como meus amigos!!!

Beijos, forte e carinhoso abraço!!!
Sua amiga-irmã!!!

Silvinha

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida amiga

Só você mesmo para me dar essa alegria. Essa é uma das minhas frases que mais gosto.
Sinto-me o próprio livro, em que dia-após-dia escrevo uma página.
Muitas de saudade, algumas de alegria, outras de encontro feliz como este nosso.

Um beijo no teu coração. Um beijo aos teus pais maravilhosos.

Obrigada minha amiga.

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita amiga tão querida

Obrigada pelo agrado em colocar minha frase no teu blog.

Saudade de ti.

Rita Elisa Seda disse...

Não precisa agradecer, minha querida Inajá. A verdadeira amizade está acima do bem e do mal, compartilhando frases e sabedoria. Beijos, felicidades e a paz!

. disse...

Nossa, Rita Elisa,
sou constrangido,
acanhado,
encabulado,
com a sua gentileza,
com seu carinho,
tão terno e quentinho,
que aqueceu o coração,
e até mesmo o tolatão.
Muito obrigado,
Deus lhe pague.
Ivon, o pai

Rita Elisa Seda disse...

Hehehehe!... só porque eu falava "tolatão" ao invés de coração... né?!
Mas, digo que suas frases são especiais, tanto as que deixou marcadas em seus belíssimos textos, quanto as que marcaram o meu singelo "tolatão".
Beijos, felicidades e a paz!

Chris Amag disse...

Olá, Rita Elisa!

Sempre que posso, dou uma passadinha aqui no seu blog para me encher de poesia e literatura...

Gosto muito de pensamentos, esse que citou do Vitor Hugo, é muito parecido com o sentimento de Clarice Lispector:

"Sou como você me vê.
Posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
Depende de quando e como você me vê passar."

Clarice Lispector

Bjs
Chris Amag

Rita Elisa Seda disse...

Querida Chris, que bom revê-la aqui no Palavras de Seda. Senti saudades. A frase do Vitor Hugo eu copiei do blog de minha mãe, pois gosto demais de ventos e tempestades. Quem leu meu livro Pipa Guerreira sabe disso!
Apareça sempre. Beijos, felicidades e a paz!

Silvinh@ disse...

Tenho certeza que você gosta e muito de ventos e tempestades, RITELISA!!! Sou testemunha...
Pois li seu Livro: " Pipa Guerreira", e tive a grande oportunidade de vê-la recontando este lindo romance, aqui em Araraquara com os alunos do COC...
FOI BOM DEMAIIIIIIIIIIIIIIISSSS!!!
FOI LINDO, EMOCIONATE!!!
VER A INTERAÇÃO:ESCRITORA X ALUNOS X ROMANCE, foi algo ímpar!!!
Foi um dia e tanto!!! Memorável!!!! Para sempre...
Melhor ainda, foi ver o brilho nos olhos daquelas crianças, envolvidas pelos ventos da imaginação e pelas Palavras de Rita Elisa Seda!!!

Beijos, forte e carinho abraço!!!

Sua sempre amiga-irmã...

Silvinha