PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Jornal: FOLHA POPULAR - Itabira, MG.


Um comentário:

Silvinh@ disse...

Linda Foto, minha querida amiga Rita Elisa!!! Com certeza esta coluna ficou mais bonita com sua foto!!! Parabéns pelo troféu tão merecido, por mérito de seu trabalho sério, profissional e ético; pelo seu comprometimento e doação para com a literatura!!! Aí está mais um fruto de seu brilhante trabalho. Se destaca entre os literatas, por levar a sério e amar o que faz, ESCREVER. Rita Elisa O profissional comprometido entende a importância de seu trabalho e a influência que ele exerce na vida das pessoas. Você, através de seus belíssimos livros faz a diferença na vida de muitas pessoas. Continue escrevendo, nós, seus amigos-leitores, precisamos de seu maravilhoso trabalho, de seus livros. Continuará brilhando e conquistando muitos prêmios, tenho certeza; pois faz um excelente trabalho!!! Deus a inspire e a ilumine SEMPRE!!! Sou sua fã e torço sempre por você! Vibro com alegria no coração a cada conquista sua!!! Beijos, forte e carinhoso abraço!!! Sua SEMPRE amiga-irmã...Silvinha