PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































segunda-feira, 18 de junho de 2012

1ª FEIRA LITERÁRIA EDGARD DE SOUZA


I FEIRA LITERÁRIA EDGARD DE SOUZA





I FEIRA LITERÁRIA INFANTO JUVENIL 
                                                                   EDGARD DE SOUZA


Uma Feira Literária movimentará a Escola Edgard no dia 15 de junho.



























































3 comentários:

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida
Que preciosas lembranças. Imagens inesquecíveis. Momentos singulares para quem participa e quem a distância usufrui o encontro.
São as linhas que traçam caminhos. São as letras que perpetuam o tempo.
Saudade de ti sempre. / Inajá

Rita Elisa Seda disse...

Olá Inajá, querida amiga, sabe que fizeram um livro junto com os alunos onde cada autor escreveu sua biografia? E tem mais, a contra capa do livro tem partes daquele "regalo" que você fez para mim. Obrigada amiga. Beijos.

Inajá Martins de Almeida disse...

Olá minha querida amiga
Saudade dos nossos papos. Digo dos nossos alinhavos.
Gostaria de ver - a contra capa. Chamou-me atenção.
Fico feliz.
Hoje tive uma manhã radiosa. Uma palestra para nossos adolescentes, o que também me foi tudo de bom.
Compartilho alguns momentos contidos no blog http://encontrosdepalavras.blogspot.com.br/2012/06/juliano-matos-boas-noticias-aos.html
Um beijo e até mais.