PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































quinta-feira, 27 de novembro de 2014

PALAVRAS DE SEDA

Estive um pouco ausente do meu querido blog "Palavras de Seda".
De volta, posto aqui alguns eventos e realizações deste tempo de felicidade.


































































































Um comentário:

Silvinh@ disse...

Ritelisa...
Que ALEGRIA!!!
Ver este espaço reativado, vivo, em movimento, outra vez!!!
Foi um ano abençoado, Ritelisa!
Cheiiiiinho de muito trabalho:
*oficinas;
*projetos;
*pesquisas;
*livro novo;
*conquistas;
...Enfim...ano de muito trabalho, realizações! Abençoadíssimo!!!
Vendo e revendo algumas fotos, aqui postada, me deu uma saudade muito grande! Meu Deus!!!
Muitos desses momentos Vivi com você, mesmo a distância, mas tive também a oportunidade de estar junto, bem de pertinho em outros. Foi bom demais!
Amo muito tudo isso!!!
Feliz com você e por você!
Desejo a você, muito sucesso!
Vitórias e conquistas!