PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































domingo, 7 de fevereiro de 2016





2 comentários:

Laís disse...

Muito Legal o blog Rita. Ele apenas reflete o quanto você é apaixonada pelo que faz.
Parabéns pelo seu fabuloso trabalho!
Adorei a palestra ministrada esta tarde sobre as "Mulheres a frente de seu tempo".
Obrigada por compartilhá-la.
Muito sucesso para você.

Rita Elisa Seda disse...

Laís, fico feliz que tenha gostado de meu blog. Seja sempre bem-vinda!