PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































quarta-feira, 26 de maio de 2010

CARLOS RODRIGUES BRANDÃO receberá Título de DOUTOR HONORIS CAUSA


O sociólogo Carlos Rodrigues Brandão é um ícone nacional responsável pelo resgate do folclore em diversos estados brasileiros. Possui a sabedoria do que enxerga longe e age para atingir um ideal comunitário. No convívio da Rosa dos Ventos mostra que a humildade caminha junto à sabedoria. Não encontro palavras no dicionário da Vida para identificar Carlos Brandão, só posso dizer que seu amor à Terra nos norteia para atingirmos grandes ideais. Deixo aqui registrado um poema com o qual brindou o livro Cora Coralina Raízes de Aninha em seu Prefácio.


Um comentário:

Coordenadora Renata disse...

Querida Rita Elisa, pessoas especiais atraem pessoas especiais... q delícia descobrir q vc tem ligação com Carlos Brandão, sou apaixonada pela obra dele!!!