PALAVRAS DE SEDA



















































































































segunda-feira, 5 de novembro de 2018

ANJO DA GUARDA


ANJO DA GUARDA

"Sim, cada um de nós tem um anjo guardião que Deus nos destinou desde o momento em que fomos gerados. Esse é o legado do amor divino para cada Ser humano. Não dependeu de querermos ou não, não dependeu de sermos crentes ou ateus, dependeu somente da vontade de Deus para nossa vida.
Cada anjo protetor é um interlocutor entre Deus e os homens, uma ponte que une o profano ao sagrado, o restrito ao infinito. É ele que abre no coração humano uma fonte de Água Viva, fonte que aos poucos vai tornando-se um pequeno riacho e, depois, de acordo com a empatia entre guardião e humano, esse riacho se torna um límpido rio que desce a serra, que irriga as plantações, que leva em seu leito peixes, crustáceos, algas, animais e plantas.
Água que acomoda as pequenas pedras em seu leito, tirando delas as arestas, deixando-as redondas, como seixos moldados através do amor; rio que desce serpenteando para o vale da esperança. Em todo o percurso, o anjo navega alargando o leito. E, a cada ano, os limites do rio extrapolam, buscando novas terras para serem inundadas de amor. As margens se dilatam... o rio cresce.
Assim é cada ser humano que sabe valorizar seu anjo. Estimar o anjo é mostrar confiança pela ação dele que, diariamente, faz com que as águas sejam puras, que exista a chuva de bênçãos divinas, trazidas pelas nuvens da misericórdia que transformam a lama em águas cristalinas, saciando a sede de amor. Ser rio tem seus méritos e também suas dificuldades, estar com o anjo não quer dizer que não ocorrerem obstáculos.
O aprendizado maior é saber que existem e sempre existirão corredeiras que nos puxam para redemoinhos criados pelas enormes e amontoadas pedras no caminho, tão diferentes dos pequenos cascalhos que são moldados pelo rio, as grandes... são perigosas e, por isso, devemos ficar atentos para não nos desviarmos do propósito de seguir em frente. Confiar que, mesmo em águas turbulentas, existe uma passagem que nos levará à calmaria do Ser, essa passagem é bem estreita e temos de lutar para conseguir atravessá-la, tudo dependerá de nosso conhecimento espiritual com o anjo guardião, de nossos pedidos e de nossa habilidade em confiar. Sem colocar indignação pelas enormes pedras, sem culpar, apenas procurar e pedir ajuda para encontrar a passagem.
Essa é a parte mais difícil, pois o que pedimos será realizado e, algumas vezes, não estamos preparados para o que vem pela frente e não sabemos pedir; podemos até mesmo mudar o curso do rio e despencarmos em uma enorme cachoeira. Então, mesmo assim, a providência divina ainda acontece; o que parece fim... pode ser o começo. Quem tem sabedoria usará essa queda para produzir energia que iluminará a mente e o coração de muitas pessoas. Geralmente ela é retratada através da arte, da música, da plasticidade visual, da dramaturgia ou da escrita.
Como o passar do tempo de convivência espiritual entre anjo e humano, existirão menos quedas d’água, o rio estará mais largo, pois outros riachos e pequenos rios desembocarão em seu leito, eles sabem que a união faz a força e que só assim poderão desaguar no mar da tranquilidade que se chama Deus. E, até mesmo nesse infinito encontro divino, o anjo estará presente."
Rita Elisa Seda

terça-feira, 21 de agosto de 2018

EXIBIÇÃO LONGA-METRAGEM CORA CORALINA TODAS AS VIDAS








MULHER TERRA – A fecundidade na obra de Cora Coralina.

Para comemorarmos os 129 anos de nascimento de uma das maiores poetisas brasileiras haverá exibição do longa-metragem Todas as Vidas - Cora Coralina .

O filme Cora Coralina Todas as Vidas teve lançamento oficial neste ano de 2018 nos cinemas de diversas cidades brasileiras. Também, houve exibição no CANAL BRASIL e está disponível pela NET TV através do NOW.

O filme mostra a cronista, poetisa e contista que se autodenominou Mulher Terra. Todas as vidas de Cora Coralina estão desvendadas na obra Cora Coralina Raízes de Aninha – Editora Ideias & Letras, pesquisa feita por Rita Elisa Seda e Clóvis Carvalho Britto. Livro que inspirou o filme Todas as Vidas-Cora Coralina, com maravilhosa e livre adaptação feita pelo roteirista Renato Barbieri. A produção é feita pelos talentosos Márcio Curi, Elizabeth Curi e Carmen Flora. A maravilhosa Trilha Sonora tem autoria de Luiz Olivieri e Eduardo Canavezes. A excepcional Direção de Fotografia leva assinatura de Waldir de Pina. O Gênero é Ficção/Documentário. 

No filme atua a tataraneta de Cora Coralina, Camila de Queiroga Salles. Também no elenco, atrizes com premiações nacionais e internacionais interpretam as várias etapas da vida de Cora: Tereza Seiblitz ; Maju Souza; Camila Márdila, e Walderez de Barros. Beth Goulart e Zezé Motta declamam poemas de Cora Coralina.

No alinhavo biográfico, depoimentos de parentes (filha, neto, bisneta),  estudiosos às obras, amigos, biógrafos (autores de Raízes de Aninha), da poetisa maior de Goiás. 

O filme Cora Coralina, todas as vidas participou do FICA - Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (2015), FLIP - Festa literária internacional de Paraty (2016) e 43º Festival Sesc melhores filmes (2017). O documentário foi premiado com o Troféu Câmara Legislativa nas categorias: Melhor Longa-metragem, pelo júri popular; e Melhor Edição de Som, na 49ª Mostra de Brasília do Cinema Brasileiro (2016); Recebeu o  prêmio Margarida de Prata pela CNBB (2016). Não deixe de assistir esse documentário, sinta o amor de Cora em seu coração.

SERVIÇO
Local: Parque Vicentina Aranha, São José dos Campos-SP.
Dia: 28 de agosto de 2018.
Horário: 19h.




https://www.facebook.com/events/511027492655970/

sábado, 11 de agosto de 2018

LITHERATRUPE













LITHERATRUPE NA BIENAL DO LIVRO DE SÃO PAULO


 ANTOLOGIA LITHERATRUPE
Editora Scortecci.

O projeto “O poder da palavra!” é uma oficina que ministro desde 1999, foram diversos os locais: Casas de Cultura  da Fundação Cultural Cassiano Ricardo; Associação dos Pioneiros e Veteranos da EMBRAER – APVE; Lugar Pleno – Rede Co-Laborativa de Empreendedores do Bem-Estar São José dos Campos-SP; Fundação Cultural de Jacarehy José Maria de Abreu, Jacareí-SP; Grupos Express’Art e FarriCora, cidade de Goiás – GO.

A partir das oficinas de 2015 formou-se um grupo coeso em literatura, criamos o “Litheratrupe – nas trilhas da Seda.” Os participantes têm livros publicados, premiados em diversos concursos literários. Esta antologia é um dos resultados das oficinas. 

O Litheratrupe traz uma nova maneira de registrar, em diversos estilos literários, através dos sentidos: visão, audição, paladar, olfato, tato e energia. Bem-vindo(a) à escrita Litheratrupe.
































quarta-feira, 8 de agosto de 2018

EXIBIÇÃO DO FILME CORA CORALINA TODAS AS VIDAS



CORA CORALINA TODAS AS VIDAS 



        


Agosto é o mês de Cora Coralina e para comemorarmos os 129 anos do nascimento de uma das maiores poetisas brasileiras haverá exibição gratuita do longa-metragem Cora Coralina Todas as Vidas, em São José dos Campos, no Parque Vicentina Aranha, dia 28, a partir das 19h. 

Também haverá um bate-papo a respeito da obra Cora Coralina Raízes de Aninha, que inspirou o filme. 


Compareça, convide a família e os amigos. Vamos homenagear Cora Coralina.



http://www.pqvicentinaaranha.org.br/programacao-detalhe/cinema-no-parque-com-roda-de-conversa:-cora-coralina-.-todas-as-vidas/818