PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































quinta-feira, 14 de março de 2013

Completei um ano escrevendo mensalmente para a revista "Visão Vale" algumas parábolas para minha neta Yasmin. Quem quiser ler a finalização desse ciclo de conversas ao pé do ouvido com a Yayá, fique à vontade no blog da revista. Todas as fotos e os textos foram feitos no sítio Nhá Chica. Agradeço a todos que receberam a revista e entraram em contato comigo. Felicidades e a paz!

                                                   www.visaovale.blogspot.com.br

Nenhum comentário: