PALAVRAS DE SEDA

Escrever passou a ser necessidade diária, como a respiração mantém o corpo vivo, o ato de escrever mantém minha alma solta para trafegar pelo mundo dos sonhos.
Ao me deixar levar pelas palavras visualizei novo horizonte e criei asas. Voei.
Em dezoito anos escrevi dezoito livros em vários estilos: conto, crônica, poesia, romance e biografias.
Alguns de meus livros biográficos foram livremente inspirados para o cinema e TV. Ganharam prêmios.
O importante é continuar escrevendo, registrando histórias e estórias para que a memória não se perca no mundo digital.
De tanto escrever biografias (sete) resolvi deixar o registrado meu ensaio biográfico cujo viés é meu Anjo da Guarda. Pode parecer um pouco estranho, porém é bem real. Por isso, acesse também o meu blog Os Anjos não envelhecem, eu disponibilizei meu livro na íntegra, onde constam fotografias e documentos. O livro físico está esgotado.
Viaje através das palavras. Bem-vindo (a).

















































































































sexta-feira, 28 de outubro de 2011

RECIFE - DIA DA POESIA



Visitei Manuel Bandeira, Clarice Lispector, João Cabral de Melo Neto e Gilberto Freyre no "Dia da Poesia"
Só para um dedinho de prosa!
















Um comentário:

Silvinh@ disse...

Rita Elisa, minha amiga-irmã...AMEI ESTAS FOTOS!!!
Você é o máximo, mesmo, né minha irmã!!! kkkkkkkkkkkkkkkk Criatividade de montão!!!
Dia da Poesia visitar estes ilustres escritores, Manuel Bandeira, Clarice Lispector, João Cabral de Melo Neto e Gilberto Freyre e apresentar-lhes, UM DE SEUS EXCELENTES TRABALHOS, LIVROS (FÁBULAS PARA SEISHUM)...só você mesma!!!

BEIJOS, FORTE E CARINHOSO ABRAÇO, MINHA AMIGA-IRMÃ...

SILVINHA
Só para um dedinho de prosa!