PALAVRAS DE SEDA

Escrever é um ato solitário, é colocar-se em palavras. Palavras são como folhas de plátano soltas ao vento... em direção aos novos horizontes, voando irreverentes sem cordas para serem puxadas e sem lugar determinado para pousarem... sempre a favor do vento.
Assim é o ato da escrita, deixar fluir palavras que, voando devagar, ao caírem, adubarão terras distantes.

















































































































sábado, 17 de setembro de 2011

Membros da Academia Joseense de Letras visitam Academia Paulista de Letras


Somos 40 interessados em proteger o idioma e em partilhar experiências literárias sob a inspiração de um ritual longevo.

As Academias nasceram no helenismo, porém sua forma remonta ao século XVII na França inigualável.

Temos 102 anos e nos mantemos vigorosos, ancorados na tradição, mas abertos à acelerada mutação desta era.

Uma Academia, ensinou Machado de Assis, criador da Academia Brasileira de Letras, tem de ser integrada por três espécies: literatos, personalidades - para conferir visibilidade à instituição - e jovens, para trazer alegria.

Uma Academia é, sobretudo, uma casa de bom convívio.

É no convívio fraterno que surgem as melhores idéias, para disseminar a cultura, notadamente entre as crianças e jovens. Não necessariamente a partir da cronologia: há idosos que preservam a juventude e jovens que já nasceram desalentados.

Sabemos que não podemos congregar todos os que se dedicam às letras num Esta do com a pujança e o esplendor cultural de São Paulo.

Por isso mesmo, procuramos caprichar em nossa seleção. Há uma representatividade singular, heterogênea e que faz da Academia Paulista de Letras um dos espaços mais interessantes, instigantes e, por isso mesmo, disputados pela gente paulista.

Participem conosco dessa aventura que é mergulhar nas letras e dela extrair prazeres insuspeitos. 

José Renato Nalini




Eis a composição da  Diretoria da APL para o Biênio 2011/2012 :
Presidente: Antônio Penteado Mendonça
Secretário Geral: José Renato Nalini
1º Secretário: Fernando Antônio Figueiredo
2ª Secretária: Anna Maria Martins
1º Tesoureiro: Paulo Nathanael Pereira de Souza
2º Tesoureiro: José Pastore




 Nós, membros da Academia Joseense de Letras, AJL:  Edmundo Carvalho (Presidente, cadeira 06), Daniel Pedrosa (Secretário, cadeira 20), Wilson ( cadeira 12) e eu (cadeira 19), visitamos a Academia Paulista de Letras, APL, quinta feira, dia 15 de setembro de 2011.
 Foi um dia especial pois houve a eleição para novo acadêmico na APL. 




















Em reunião realizada nesta quinta-feira, dia 15 de setembro, na Academia Paulista de Letras, o ministro Eros Grau , eleito com 32 votos, ocupará a cadeira de número 11, antes era do acadêmico filósofo Milton Vargas.



acadêmico Mauricio de Sousa, um dos integrantes da APL,  uma simpatia a mais na Academia, prestou sua homenagem ao ministro Eros Grau, elaborando caricatura do novo acadêmico.




Flagrei na mira de minha câmera o cartunista Maurício de Sousa lendo o folheto informativo a respeito de minhas obras: Fábulas para Seishum, Pipa Guerreira e Cora Coralina Raízes de Aninha. Aliás, todos acadêmicos que estiveram presentes à reunião receberam este folder.






Visitamos a maravilhosa Biblioteca da Academia Paulista de Letras. O vasto acervo (aproximadamente 50.000 livros, 12.000 periódicos e 900 manuscritos), está sendo totalmente informatizado para a alegria dos pesquisadores, historiadores, estudantes e amantes da literatura.


6 comentários:

Silvinh@ disse...

Ritelisa, minha amiga, minha irmã... Como é bom ver esta postagem!!! Que alegria, te ver neste ambiente que a faz tão feliz, realizada; pois sua alma expira literatura,sensibilidade, ternura, amor, paz, alegria, vida, ternura, harmonia!!! Feliz por você e com você!!! Momentos que fazem a diferença, principalmente pra você amiga, que com tanta responsabilidade, com tanto amor, faz da literatura, grande parte de sua vida. É uma escritora, que faz a diferença entre os literatas, com certeza, por seu jeito especial de ser Ritelisa: simples, humilde, carismática, dedicada...enfim, faz o que faz por dom, por carisma, e com certeza esta característica, é única, pessoal, ímpar...CARACTERÍSTICA RITELISA!!! Sou muito grata a Deus por ter você como minha amiga. TENHO CERTEZA QUE VOCÊ FAZ A DIFERENÇA, NESTE MUNDO LITERÁRIO, MINHA AMIGA!!! Ahhhh....Fiquei super feliz em ver seu folheto, seu folder, nas mãos de Maurício de Souza. Faço parte deste folheto com meus alunos com muito prazer!!! Com grande alegria e satisfação!!! É uma grande honra, fazer parte de sua vida profissional. Ahhhhhhhh....essa sua câmara, flagra tantas coisa lindas!!! Inesperadas, surpresas, que só com um olhar clínico e sensível, como o seu flagra, primeiro no coração; depois na memória, e finalmente nas lentes de sua Sony...Esta câmara, Ritelisa, sem sem olhar, é simplesmente uma câmara como todas as outras. Comum... Mas esta câmara, É ESPECIAL, MUITO ESPECIAL...Tem você como manipuladora, tem o seu olhar por trás das lentes...Faz a diferença e como faz!!! OLHAR SIMPLES, ATRAVÉS DE LENTES MODERNÍSSIMAS, RESULTADO? PERFEITO, CHEIO DE VIDA, SENSIBILIDADE...PARABÉNS!!!Adorei estar, através desta postagem, em mais um momento brilhante de sua vida profissional!!! Você merece minha amiga!!! Desejo a você muitos momentos como este...Quem ganha com certeza são seus leitores, como eu...kkkkk
Sua SEMPRE AMIGA-IIRMÃ...Silvinha

Rita Elisa Seda disse...

Silvinha, você sempre gentil comigo. Estar em uma sessão da Academia Paulista de Letras, sentada ao lado de Literatos tão ilustres marcou minha alma com palavras de carinho pela literatura brasileira. Foram momentos emocionantes. Não podia deixar passar sem algumas fotos, afinal tudo que registramos em vídeo, fotos ou escrita fica para a posteridade. Beijos, querida amiga, felicidades e a paz!

Inajá Martins de Almeida disse...

Rita querida amiga escritora

Que maravilhoso poder compartilhar momentos gratificantes por ti vividos.

Que belo retalho pode recolher flagrando Maurício de Souza envolvido com o folheto do teu livro.

Sei que um dia uma dessas cadeiras por ti será ocupada, com muito louvor.

Sucesso sempre é que desejo.

Wilson R. disse...

Olá, confreira.
Foi um prazer partilhar esses momentos com você e os confrades.
Quando vemos um Maurício de Souza dirigir-se humildemente à mesa diretora da APL e presentear a entidade com um desenho, ao participar de uma reunião e deixar de lado, certamente, compromissos de grande monta, entendemos o que é comprometimento com a literatura e a sociedade.
Uma inspiração para nós e um exemplo a ser seguido por muitos que se consideram bons demais para isso, enormes demais para aquilo.
Abraços.

.

Rita Elisa Seda disse...

Querida Inajá, senti imensa alegria em assistir a uma sessão tão importante da APL, pois era dia de votar novo acadêmico. Como disse o confrade Wilson, aqui no blog, Maurício de Sousa tem um carisma todo especial, atencioso e alegre.
Hernâni Donato sempre gentil, nos acompanhou até mesmo na hora do café.
Foi tudo maravilhoso!
Beijos, felicidades e a paz!

Rita Elisa Seda disse...

Wilson, querido confrade. Foi bom demais nossa visita à Academia Paulista de Letras. Nossa AJL está recomeçando com passos firmes, corretos e certeiros, rumo à cultura joseense. Beijos, felicidades e a paz!